AMAR: como saber se você ama e é amado/a?

Essa pergunta não sai da cabeça das pessoas. Povoa a mente de dúvidas, achismos, explicações. São pensamentos que impedem a pessoa de se concentrar e ser mais produtiva, seja nos estudos ou no trabalho. E na ânsia de encontrar respostas afirmativas, se esquece de refletir na essência: o que é o amor? O que eu penso que seja amar?

Podemos encontrar no dicionário que o Amor é um sentimento afetivo por outra pessoa. Mas o que nos faz despertar tal sentimento? O que buscamos nessa pessoa na qual investimos nosso sentimento que cremos ser amor? Por que alguns matam em nome do amor? Isso é amor? Por que tantas pessoas dizem que amam a outra e depois o relacionamento não segue adiante?

São tantas perguntas e tantas respostas e justificativas, que cada uma precisa ser cuidadosamente analisada na psicoterapia! Mas uma coisa é certa, se você não se conhece, não se ama, não se valoriza e não se respeita, o relacionamento já começa errado. Geralmente você busca a sua “metade da laranja”. E isso não existe!!!

Cada ser humano nasce único e com características próprias e nasce inteiro! Não precisa buscar sua “cara metade”, pois essa metade além de não existir, nunca vai aparecer. Se alguém disser que sim, é porque uma das pessoas está projetando na outra o que quer ver e a outra também. Quando conseguirem visualizar quem realmente é o seu objeto de amor, verão as diferenças entre o ideal e o real.

Um relacionamento saudável entre duas pessoas deve ter início quando ambas se autoconhecem, são independentes emocionalmente e buscam alguém para compartilhar a sua vida. Pense nisso. E se tiver dúvidas, faça psicoterapia!

O ANO MUDOU, MAS… E VOCÊ?

Tanta expectativa para terminar o ano. Tanta expectativa para que este ano seja melhor!
Ok, o ano mudou, mas… e você?
Sim! Você! Afinal é você que faz as coisas acontecerem na sua vida através das suas escolhas.
O que escutou desde pequeno/a em casa, na escola, nos grupos de amigos, foi ajudando a formar a ideia que você tem a seu respeito. Se as palavras foram de incentivo, elogio e ajuda, ótimo! Assim a sua autoestima está bem e você tem mais êxito na vida. Porém, se sofreu com comentários negativos, antes ou agora, então precisará rever os seus conceitos, porque muito provavelmente, tem mais dificuldades em atingir seus objetivos.

Preste atenção nestas frases:
Não consigo lembrar nada do que aprendo.
Não entendo nada dessa disciplina.
Não consigo, é muito difícil.
Até tentei, mas desisti.
Não sou capaz, me sinto menos que os demais…
Não consigo aprender.
Nunca vou conseguir…
Não tenho tempo…

O cérebro processa essas informações e as armazena como um computador, na memória de longa duração e se transformam nas CRENÇAS LIMITADORAS. Ficam no inconsciente e influenciam as decisões.
São essas crenças que estão no pensamento e dirigem o comportamento.
. Então para que haja mudança, você precisa agir, mudar, repensar, resignificar seus próprios conceitos.
Esta não é uma tarefa fácil de executar sozinho/a, procure ajuda de uma psicóloga e faça este ano SER realmente um ano melhor.

QUEM É VOCÊ ?

Na música “ Noite dos Mascarados” de Chico Buarque, ele diz:

– Quem é você, diga logo que eu quero saber…

Se alguém lhe perguntar isso, o que vai dizer?Featured image

Como você  se define?

O que pensa ao seu próprio respeito?

Qual a imagem que tem de si?

Como os outros o/a definem e qual o impacto dessa opinião na sua vida?

A resposta a essas perguntas só pode ser dada se você se conhecer bem.  Para isso, o melhor modo de chegar ao Autoconhecimento é a psicoterapia.