Vivendo de Artesanato – Um relato de criatividade e persistência

Meu nome é Daniela, tenho 40 anos e faço artesanato desde 2011.

Tudo começou com uma terapia depois de um atropelamento em setembro de 2010, foram meses difíceis e uma recuperação lenta. Como católica resolvi fazer um oratório para agradecer a Nossa Senhora e levar na minha paróquia para ser sorteada, mas não sabia como fazer, eu não tinha a menor idéia. Fui buscar inspiração na internet e de tanto procurar tive algumas idéias, e confesso que no inicio não deram certo, então insisti até conseguir fazer minha primeira capelinha para Nossa Senhora Desatadora dos Nós, feita de cartonagem (arte em papelão e tecido). O sucesso foi grande, fiz outras capelinhas para a paróquia, eu queria mais… então fui me aventurar pelo MDF e arte em vidro.

Para que meu trabalho ficasse conhecido, presenteava meus amigos mais próximos com meu artesanato e não demorou a começarem as primeiras encomendas. Essa dica vale para todos os tipos de artesanato.

Estou atenta às novidades e novas técnicas em cartonagem, MDF e vidro, ficar informada é sempre necessário. Infelizmente o artesanato ainda não é tão valorizado pelos brasileiros, como se as peças do shopping tivessem mais valor do que algo produzido artesanalmente. O valor de uma peça no shopping é o mesmo que o do seu artesanato. Os artesãos mudaram muito a forma de apresentar seus trabalhos, principalmente nas feiras que acontecem em vários locais, o capricho da apresentação é tão importante como o capricho colocado na construção de uma peça, por mais simples que ela seja.

Fazer artesanato é uma forma de sobrevivência e não um simples passatempo como alguns dizem, às vezes é uma ajuda e em muitos casos é o próprio orçamento da família, é prazeroso ver algo tão simples, como um pedaço de papelão ou madeira, e ver aquilo se transformar em uma obra rica em detalhes e cores, sem contar que fazer artesanato alivia o stress e estimula a criatividade.

Não podemos deixar a nossa criatividade parada independente de qual seja a arte. Pode ser difícil, mas desistir jamais.  E mãos a obra!

Um abraço.

Daniela Pereira

Email: danielapm2004@yahoo.com.br

(11)98781-6608 ( Tim )

 

 

Advertisements