Final de Ano

Os dias se sucedem em tal velocidade que, quando menos percebemos  já estamos novamente comemorando o final de um ano e o início de outro.

Época de confraternizar, viajar, pensar, contabilizar, seguir com o que está indo bem, reformular, repensar, reorganizar os objetivos e estabelecer metas.

No calendário é um dia após o outro, mas para cada um é um marco, um divisor de águas: analisar o que devemos manter e o que devemos descartar de nossa vida.

Como vai o trabalho?  Estou satisfeito?    Sou bem remunerado? Tenho novas opções?

Quem são meus amigos?    Quais as qualidades que eles têm que tornam a amizade melhor?

Que tipo de atividade pratico?     Ou sou muito sedentário?

Estudo?  Leio?  Estou atualizado?

Tenho momentos de lazer?      O que faço nas horas vagas?

O que me faz bem?  O que me faz mal?

Quais são meus valores?  Estou tranquilo(a)  em relação a eles ou algum conflita com minha vida atual?

Como e com quem vou passar os festejos?    É isso o que realmente quero, ou queria festejar de outro modo, em outro lugar e com outra(s) pessoa(s) ?

Como eu me vejo?  É assim que eu me imaginava?  Como os outros me vem?

Que desejo manter?  Que característica gostaria de mudar?

Como vai ser o ano que vem?   O que vou fazer?

Estas são questões que surgem com frequência e com tal força que não podem ser ignoradas.

Advertisements